sexta-feira

Sentiram a minha falta?!

Digam lá a verdade, vá... Não tenho andado por aqui, estive no hospital...
A tensão estava demasiado alta, e não havia meio de a baixar, passei a tarde de 4ª feira assim, e nem a medicação parecia resultar, nem os exercícios respiratórios, nem o chá... surgiram as dores de cabeça, mais ou menos fortes...
Nessa noite dei entrada nas urgências, subi à obstetrícia, fiz análises, CTG e o o tal "toque". O Homem teve de levar as malas para cima, a partir daí estávamos perante a dúvida do trabalho de parto... e até à hora de almoço de ontem, estive internada para vigilância numa sala perto do bloco de partos, a análise acusou uma infecção urinária, e apesar de não acusar qualquer contracção no CTG, eu já tinha 1 dedo de dilatação, a terapêutica incluiu antibiótico e um medicamento para baixar a tensão, intravenoso, e estive em jejum (desde as 22h de 4ªfeira), para o caso de ter de se fazer a cesariana antes do previsto.
Fui depois para o internamento na ala da ginecologia obstétrica, depois de almoçar e fazer novo CTG... ainda fiz outro antes de dormir. O rapaz mexe-se muito e não gosta daquilo nem por nada, apesar de estar maior, parece que anda muito à vontade cá dentro e fugia do alcance do sensor, outras vezes dava com cada pontapé (ou murro) que aquilo até saía do sítio! Não foram poucas as vezes que as enfermeiras lá íam corrigir aquilo e só quando eu ficava a segurar o sensor de mão aberta é que o moço deixava fazer aquilo! Senti uma dorzinha incómoda, coisa pouca, na barriga e o rolhão de muco tem andado a sair... muito pouquinho. O que é normal, já viram às quantas andamos?! Está na hora!!!  Mas nada de desenvolvimentos no sentido do trabalho de parto...
À noite era um desassossego e não dormi grande coisa, o rapaz devia estar a estranhar aquilo tudo e esteve sempre em grande actividade... se bem que às tantas já estávamos ambos tão cansados que acabámos por adormecer. Hoje de manhã, estava mentalizada que só já saía dali depois de ter o bebé, e estive sempre calminha, bem disposta, tive as visitas do Anjo Maior, do Dé e da minha mãe, não me faltou nada e estava confortável. Tomei um duche, entretive-me a fazer uns Sudokus e esperei pela visita do médico.
Para minha surpresa, o dr. perguntou-me o que eu achava de vir passar o fim de semana a casa e dispensar aquele foco de infecções (eram mais as grávidas patológicas do que as mamãs que tinham tido bebés), sob condição de repouso absoluto, muita água e medicação (inclui antibiótico), como a tensão já tinha valores aceitáveis e perante aquela opinião que me pareceu bastante razoável, eu achei a ideia óptima e já vim almoçar a casa!
A ansiedade do Anjo Maior levou-o a deixar a casa num brilho! O Homem teve que se manter ocupado e foi o que fez, além disso quis que a nossa recepção fosse a melhor! O Dé teve uma surpresa quando chegou, mas claro que perguntou logo pelo mano! A conversa dele junto à barriga tenta convencer o mais novo a vir cá para fora!
Depois deste imprevisto, e se não houver mais surpresas, na 2º feira lá estaremos, às 8h da manhã, de malas prontas para ficar e dar lugar à cesariana.

Tinha saudades do ninho! :-) E agora temos que actualizar o stock de miminhos!

2 comentários:

  1. olá amiga:) eu já estava mesmo a estranhar a tua ausencia no facebook, pensei logo que estivesses no hospital.Esse rapaz não quer mesmo vir cá para fora..sente-se bem dentro da barriguinha da mamã,,DEsejo-te as melhoras
    bjinhossss
    SónIA Ribeiro

    ResponderEliminar
  2. Bom domingo ai em casa!
    Então amanhã será o grande dia e o principe Junior virá ao Mundo para alegria do anjo grande do Principe Dé, da mamã, e claro de todos que vos amam.

    Vai correr tudo muito bem, e cá ficamos á espera de noticias.
    Beijocassssssssssssssss com muito carinho a todos. :)
    M.M.G.

    ResponderEliminar

Deixem o rato de lado e escrevam-me, ok!?