quinta-feira

Respirar fundo...

E preparar o ano que aí vem...
A passagem de ano não está e nem vai ser planeada, vai acontecer... simples e naturalmente :-) como nos últimos anos, íntimo, pessoal e em paz! A diferença é que este ano nem uma gota de espumante para mim! Está fora de questão, MESMO!

O Natal já passou, com alguma melancolia perfeitamente compreensível, em família e sossegados, mesmo como nós gostamos! Cada um recebeu pelo menos uma prendinha, mas o importante é que estivemos juntos. A barriga já está a crescer e o maroto à noite é que se lembra de andar aos pinotes! A tensão tem estado controlada, e para além do sal tenho de ter cuidado também com o açúcar.
O Anjo Maior recuperou da mazela muscular que sofreu quando estava a acabar de instalar a estante nova da sala, cuidei dele como ele tem cuidado de mim, amamos-nos e continuamos apaixonadíssimos! :-) Tenho a certeza que ajudou à recuperação!
O Dé foi finalmente ao oftalmologista e os óculos já estão encomendados, o estigmatismo agravou a falta de vista, como já prevíamos. :-( Entretanto foi também às consultas de endocrinologia e anestesia, e se os valores da tiróide não baixarem com o ajuste da medicação, a cirurgia do mês que vem terá de ser adiada, mas esperemos que não seja necessário.
O pequenote que aí vem já tem ambos os padrinhos oficialmente convidados e confirmados, depois do almoço com o Pedro no Verão, foi agora a vez da Maria Ana vir cá jantar a casa, e foi uma grande surpresa, houve lágrimas e tudo! :-) Para nós a escolha de ambos foi óbvia, são grandes amigos nossos, mais que isso até! Acompanharam-nos desde o início da relação e são quem nós queremos na nossa família, pela energia, pela caminhada, pela amizade, pelo carinho, e também pelas coisas menos boas que partilhámos tanta vez, sabemos que podemos contar uns com os outros e pronto... são uns queridos! :-)

Como só cá venho de vez em quando, e provavelmente este será o último post do ano, aproveito para vos desejar umas óptimas saídas e melhores entradas, não deixem esgotar o stock de Esperança e de Amor, que gozem de muita Saúde, que sorriam e vivam mais, que os obstáculos não vos derrubem mas sim o contrário, e que valorizem as pequenas coisas que vos façam felizes, são essas as mais importantes! Ânimo!!! Não é o primeiro e esperemos que não seja o último ano que passamos a perna! Vamos arregaçar as mangas e realizar projectos, sonhar mais e lutar para que se tornem realidade, aproveitem a companhia dos que vos amam! Façam bebés mas sobretudo... preparem-lhes o mundo antes, ok?! Ofereçam flores e plantem árvores por exemplo! Amor e Saúde a todos(as) os conhecidos e desconhecidos, sejam amigos... :-)

quarta-feira

LOL... tenho de partilhar isto!!!

O Anjo Maior lembrou-se de me mandar esta imagem por mail... 
Os moliceiros de Aveiro andam inspirados, será que recebem comissão pela publicidade!? LOL...

sexta-feira

Coisas boas!

Como sabem faço parte do Fórum Nasci Mulher e um dos desafios que tem estado a decorrer e que até tem direito a prémio no final, é fazer um tradicional Tronco de Natal... ora esta alma arregaçou as mangas, foi comprar um tabuleiro (estava a precisar) e deitou mãos à obra depois do jantar! 
Para 1ª tentativa até que não ficou pior, depois de decorado e tal, acho que ficou mesmo bem! O Dé esta manhã dizia que aquilo parecia um cão!!! OK.... mas come-se e conta a intenção! Aqui está uma foto para apreciarem... vá podem cortar uma fatia, à vontade! ;-)

Entretanto ainda ontem à tarde fui levantar a minha carta de condução!!! Estava demorada... Agora já está tudo ok, que é o que se quer! Hoje há festa na escola, último dia de aulas antes das férias de Natal... com direito a troca de presentes e tudo, e lá foi ele, com o gorro do Pai Natal enfiado na cabeça!

domingo

Dar a volta a "isto"

Ora aqui está algo que me atrasa o sono e que me desperta a meio, a chamada de crise económica, medidas de contenção, etc... Nem sempre acordo a pensar nisso, não ando paranóica nem nada do género mas também não posso ignorar algo tão importante!
Nós somos poupados e não nos damos a extravagâncias, ocasionalmente investimos em algo que nos faz falta para a casa e que não seja urgente, depois de planeado e ter algum fundo de maneio. 
Mas receio que se torne mais difícil com tanta coisa a mandar-nos abaixo...
É os abonos a baixar, é cortes por todo o lado, a toda a hora vejo pessoas a passar necessidades o que por sua vez afecta as respectivas famílias, na minha ronda de blogs vejo malta a desistir e outra a insistir, a vender o que tem e o que faz por uns trocos (melhor esse que nenhum), a reinventar-se por necessidade...
Na verdade já via antes,  por parte de mães/pais, família e amigos de crianças e adultos com necessidades especiais, porque este País tem uma mentalidade generalizada de "cada um por si" e pouco ou nada se quer saber do que o outro precisa... mas claro, quando se trata de comparações, a inveja fala mais alto e olham para o que o outro tem! Isto aplica-se em larga escala, obviamente aos nossos (des)governantes, que em vez de olharem para o que se passa em casa (leia-se país) preferem olhar para a casa dos outros, querem fazer o mesmo com menos recursos, o que não impede de levar algum para o seu bolso, independentemente de tudo o resto (povo!). 
Estas coisas revoltam-me tanto! Não é com vinagre (austeridade e medidas radicais) que se apanham moscas... nem mesmo as quase mortas que somos nós (povo)!
Já viram que são menos privilegiados que se entre-ajudam?! 
Porque sabemos o quanto custa a vida, porque praticamos o "não faças ao outro o que não gostavas que te fizessem" (e a forma positiva da frase), porque valorizamos os sorrisos, os abraços, as palavras e gestos de apreço, as lágrimas, a angústia de querer e não poder, e do engolir o orgulho em prol de alguém que de nós depende, não é fácil... não, não é!!! 
Mas fazêmo-lo, e se nós conseguimos, por que não conseguem todos?! 
Demora a chegar ao "querer"... desculpando-se com a falta de tempo, falta de tudo o que têm de sobra! 
É vê-los(as) a pavonearem-se em excessos de puro consumismo e luxo e se bem calha vão para a porta da paróquia e centros de ajuda (alimentar e outros géneros) para ver se conseguem mais qualquer coisa, leia-se tirar de quem realmente precisa para poderem poupar numas coisas e gastar em outras... fúteis! Que hipocrisia! 
Há também quem ande a tirar os "velhotes" (termo que uso com muito carinho e respeito) dos lares e centros de dia, para poder ir pedir subsídios e pensões à segurança social, e depois abandonarem-nos em casa um dia inteiro e noites festivas e fins de semana "espetam" com eles nos hospitais e, às vezes, vão buscá-los depois da farra... não lhes compram os medicamentos, mas não lhes falta para os vícios e outros luxos!
Mas que raio de coisa!!! Que ódio!!! Que injustiça!!! Que nervos!!!
E eu que ando aqui a dar a volta a cabeça, a pensar como iremos dar a volta a isto para que a nossa família não passe mais necessidades, a querer ajudar sem ser capaz é que me aborreço com isto! 
E quem pode mais fica no quentinho a coçar "o-que-bem-entendem", e nem se amolam!!!
E enquanto passo revista ao que tenho escrito, tento acalmar-me e penso como é fácil criticar, mas e o fazer diferente!? Bem, não é preciso dois dedos de testa para pensar em algo que muda o mundo a passinhos de bebé... mas vai mudando! E comecemos (para quem ainda não se deu conta como isto anda) por mudar em cada um de nós, o que pode prescindir, o que pode dar, o que pode fazer... já serão passos tão grandes!!! Tão importantes! E depois poderão influenciar as familias, os amigos, os vizinhos, os colegas de trabalho, os conhecidos... já pensaram bem na dimensão que isto poder ter?! Não custa tentar, caramba!!! Deixem-se de comodismos! De narizes empinados e de virar a cara a um cenário social que não vos agrada e tentem antes mudá-lo! 
E não, não é por ser Natal, Carnaval, Páscoa, Dia de A, B ou C... eu penso assim sempre e peço-vos o mesmo!

A arrumar o ninho...

Cá ando eu de roda da roupa, tenho andado a separar a que nos deram, para ver o que se tem e o que não se tem. Assim é mais fácil... uma questão de organização!
Agora só interessa que seja de rapaz! Depois... separar por cores e materiais para lavar, estender ou secar, passar a ferro e dobrar...
Separar por tipos (de Verão, de Inverno, calças com ou sem pé, meias, botinhas, luvas, chapéus, body com ou sem pé, blusa interior ou exterior, com manga comprida, curta ou sem...) e por tamanhos, incluindo lençóis para a alcofa e para o berço. 
Mas o que tem uma certa piada, e ao mesmo tempo uma lógica muito própria, é o preceito em fazer estas coisas com a roupa de bebé, metodogias muito minhas, que estavam adormecidas mas que agora faço questão de manter! E a ver se não me esqueço de comprar mais molas para estender a roupa, por pouco que não chegam! 
E ainda só vi 2 caixas... faltam mais umas poucas que estão no sotão. Mas hoje o tempo já está muito frio e amanhã também é dia! :-) 
Gosto tanto de andar assim, a arrumar o ninho, a colocar as coisas no lugar que lhes está destinado, desanuvia-me a mente, relaxa-me e ajuda a passar o tempo. A cama só depois de nascer, mas superstições à parte, as peças maiores só lá mais para a frente é que vão andar por aqui, por uma questão prática, refiro-me a banheira, alcofa, carrinho, ovo, espreguiçadeira, etc, etc, etc... 
Ainda na questão do vestir, decidimos que apesar das roupas que nos deram (familiares, amigos e amigas, vinhança!), fazemos questão de sermos nós a comprar A primeiríssima toilette do menino!


terça-feira

E é oficial!!

Hoje fomos fazer a ecografia do 2º trimestre/morfológica, primeiro no hospital e depois na FetusVitae, aqui em Évora!
E pronto, já não há margem para dúvidas, se primeiro se desconfiava da rapariga, o espírito de contradição levou a melhor e revelou-se um rapaz! :) 
É mais um pilas cá em casa, continuo em minoria...  e o mais engraçado é que de "toda a gente" só houve uma pessoa que sempre se referiu ao ele... o padrinho! 
 O Dé que andava a pedir a mana há tanto tempo, vai ter que esperar... pode ser que para a próxima... ;)
Entretanto já está todo contente com o mano, vai ter a quem ensinar a jogar à bola, e também já o avisei para ir treinando o "fazer xixi" para dentro da sanita, mesmo ensonado não pode falhar!!! Isto de vez em quando não corre muito bem... Uma das (muitas) coisas boas é que já não há problema em partilhar o quarto durante uns anos, e ele gostou da ideia também!
O  pai já anda cheio de ideias... ainda bem, é bom estarmos assim... a levitar de alegria!
O mais importante é que está tudo bem com todos, apesar da minha perda de peso e volume, o bebé está bem, pesa 360gr, o coração e os outros orgãos estão óptimos, mexe-se muito e as medições técnicas estão todas como é suposto. É uma magia tão boa! Já demos a noticia à maior parte da família e amigos, e claro não podíamos deixar de partilhar aqui com os amigos e amigas, esta nossa "aldeia", tão grande e que ainda assim nos mantém tão próximos.

Ah... e nem vale a pena perguntar pelo nome! Já está decidido mas o mundo só saberá depois dele nascer! Shhh... é segredo! :)

sexta-feira

Puxão de orelhas...

Levei um "puxão de orelhas" merecido... tinha abandonado o blog...
Não sei como, mas acho que sei porquê. Desinteressei-me, faltou-me o feedback e achei que a minha vida e as minhas ideias não têm sido nada de especial nem digno de interesse, e tantas outras coisas que me passaram pela cabeça, são modas que passam acho eu... Ou então era a ânsia de satisfazer o meu ego ao ler comentários de quem até nem conhecia, porque os conhecidos não lêem ou não comentam, o que me levou ao tal sentimento de desinteresse... e fiquei frustrada, triste, decepcionada...
Por outro lado, devo levantar a moral, por um bem maior e parei para pensar (sim, ocasionalmente acontece e a coisa até nem corre pior)... comecei por me lembrar dos motivos por ter aberto este blog, lembrei-me do conforto, carinho e amizade que me proporcionou, localizei temporalmente os momentos em que escrevia, e tomei consciência das minhas vivências... afinal valeu a pena! 
Perdoem-me o egoísmo mas, escrevo para mim (em 1º lugar) porque é uma forma de visualizar o que me vai na alma, ao ler cada palavra... cada uma carrega uma fracção de momento, de sentimento, de pensamento. Depois escrevo na esperança de obter alguma compreensão, de partilhar os bons e maus momentos, não procuro julgamento mas, ao acontecer, tento tirar proveito ou lição daí. São necessários, benéficos estes puxões de orelhas, fazem-me falta para voltar aos eixos!
As palavras sempre fizeram parte da minha vida, o meu pai escrevia-me poemas quando eu era pequenina (long, long time ago), recordo-me com saudade das cópias e ditados que fazia nas tardes de Inverno ao pé da minha mãe enquanto ela costurava, ou com os meus avós aquecida pelo lume de chão lá nas Courelas, ou nas tardes de Verão, nas horas de maior calor enquanto esperava para ir tomar um bom banho no tanque da rega, não me custava mesmo nada escrever, sempre gostei... 
E ler, li muito em tempo de escola e mantinha o hábito nas férias, fascinava-me a Língua e Escrita Portuguesa de "antigamente", as colecções de livros nas estantes das casas que visitava e os tempos de escola em que faltava às disciplinas que menos gostava para ir para a biblioteca pública, é de loucos mas é verídico! E depois quando lá estava perdia a noção do tempo e só quando a funcionária me chamava a atenção das horas é que "acordava" para a realidade, houve dias em que só fui à escola para deixar e ir buscar a mochila... felizmente não foram muitos, senão tinha chumbado! Por minha iniciativa passei as férias do 4º para o 5º ano a fazer entrevistas de rua sozinha, e a escrever tudo num caderno A5, andava pelas ruas da minha cidade, visitei até estações de rádio para saber como tudo funcionava, tipografias, museus, enfim, além de curiosa tinha sede de cultura! Ainda tenho, mas a ânsia da idade, na altura era mais forte!
 E "todos" pensavam que eu andava metida em más companhias e que possivelmente andava "p'raí a fazer asneiras"... Era a tal capa de protecção que eu tinha de me "armar" em durona, a minha alcunha na altura era "tropa" por causa da maneira como eu practicamente "marchava" com as minhas botas de cano alto e estilo militar, com os atacadores enfiados de uma forma... especial... 
Alguns rapazes e raparigas mais novos lá da escola chamavam-me de "madrinha" porque os defendia, mal sabiam eles do que eu tinha já passado na idade deles... tudo tem um motivo de o ser! Mais tarde abandonei este "estilo", mais concretamente na altura em que estudávamos a 2ª Grande Guerra, vimos a "Lista de Schindler" e houve um debate no auditório em que foram convidados (e estiveram presentes) sobreviventes dos campos de concentração, foi marcante! A partir daí decidi abandonar a violência gratuita, e a intimidação como meio de persuasão... não seria melhor que os que fizeram pior, eu entendi assim... deixei-me das caveiras, do misto de "estilo gótico" que ainda cheguei a adoptar, das pulseiras de cabedal e metal... de repente achei que aquilo era intimidatório, o que no fundo até era o disfarce perfeito para a minha fraca auto-estima!
Com o tempo vi-me forçada a usar essa capa muita vez... e também com ele aprendi a não necessitar mais dela, às vezes não é fácil resistir, mas encontrei uma força que desconhecia em mim. Fui-me descobrindo, conhecendo, respeitando... acho que são estes os termos que mais se adequam. Agradeço a toda a gente que passou na minha vida, fizeram de mim quem sou hoje... aos amigos, inimigos, professores, família, conhecidos, vizinhos, desconhecidos, indiferentes... sim, até quem me tratou com indiferença me ensinou algo, é óptimo retirar o sumo, a substância de todos os momentos, ainda que não oportunamente mas nada que o tempo não resolva. Afinal, mais vale tarde que nunca...

quinta-feira

Já está!!!

Hoje de manhã fui a exame prático de condução e... está feito, fiquei aprovada! Após quase 2 meses de espera, desde que foi pedido, mas pronto! O que interessa é que finalmente já consegui, à primeira no código e à primeira na condução! Consegui manter a calma e a coisa não correu mal! Estava confiante e acho que notou!
E gosto de pensar que tive uma ajudinha... intra-uterina... LOL... os genes da condução (por parte do pai), fizeram um bom trabalho. Tivemos uma conversa, só nós duas, antes e depois do exame! :-)
Tenho a agradecer ao meu Anjo, que me deu o incentivo, a força, o ânimo para ir com isto para a frente! AMO-TE VIDA!!! E ao Anjinho mais novo que me devolve um sorriso enorme a cada conquista que consigo! Estou feliz!

Também ao instrutor de condução (André), claro!!! Haja paciência para me aturar, não é? E a todos os outros, óbvio, deram-me as bases que precisava!

quarta-feira

As 5 coisas!

Recentemente visitei o Blog da Ziza e encontrei este desafio, achei interessante e decidi fazer corresponder as minhas respostas, se acharem o mesmo, sintam-se convidados (as) a fazê-lo também... e comentem!

Já há algum tempo que não colaborava nestas coisas... mas cá vai:



a) Cinco coisas que faço bem (ou pelo menos eu acho que sim!):
- Ser Mulher e Mãe... a tempo inteiro e em horas extraordinárias!
- Ser fiel... a mim, aos meus e a quem mais merece!
- Trabalhar!
- Hoje em dia.... confiar e desconfiar a tempo, se bem que ainda não é 100% seguro!
- Ouvir... se bem que às vezes sou um bocado impulsiva e acabo por falar antes do tempo, mas é uma questão de controle!

b) Cinco coisas que não sei fazer:
- Coisas que ainda não tive necessidade de aprender.
- Controlar-me completamente (em vários aspectos), mas faz parte!
- Fingir ser quem não sou... não dou para actriz!
- Ficar calada! Não sou tagarela, mas o silêncio prolongou-se demasiado tempo, agora é a desforra!
- Ignorar... nada nem ninguém!

c) Cinco coisas que não suporto em alguém:
- Farsas, mentiras e afins!
- Tentativas de imposições e presunção!
- Falta de amor próprio, auto-estima inexistente e pessimismo!
- Indiferença, injustiça e irresponsabilidade.
- COMODISMO!

d) Cinco livros favoritos:
- A Túlipa Negra - Alexandre Dumas
- Como Água para Chocolate - Laura Esquível
- A Pérola - John Ernest Steinbeck
- Amor de Perdição - Camilo Castelo Branco
- Autobiografia de uma Pulga - (Charles Carrington?) Stanislas de Rhodes

e) Cinco lugares favoritos:
- "There's no place like Home"
- O nosso quintal/jardim
- O monte dos meus bisavós
- Praia
- Locais com memórias e recordações pessoais.

d) Cinco desejos (para todos):
- Uma vida longa, saudável e confortável.
- Tolerância, altruísmo e entre-ajuda.
- Consciencialização de responsabilidades e coragem para fazer o que está certo!
- Liberdade pacífica em todos os campos!
- Educação e sentido cívico e ecológico!

Que tal? Gostaram? Comentem e porque não responder também?!

segunda-feira

(Des)Actualizações

O SNS é... indescritível, de facto... Entre "equívocos", "esquecimentos", falta de profissionalismo e outras peripécias de funcionários ainda temos o tempo de espera nos não-sei-quantos balcões que nos temos de dirigir depois de tirar meia dúzia de senhas diferentes das poucas máquinas ainda funcionais... eu e o Dé passámos a manhã inteira no hospital! Bem, ao menos conseguimos resolver tudo o que estava "pendente":
- Fomos à consulta de ORL e o Dé tem TAC já marcada, assim como a consulta posterior. :-)
- Fomos ver da consulta de dermatologista, que foi desmarcada para o dr ir de férias e entretanto nada de marcar nova data... saímos de lá com consulta marcada... para o fim do ano que vem... :-/
- Fomos também ao balcão de oftalmologia, desde 2009 que não é chamado (nesse ano fomos fazer o despiste da hipercolesterolemia), lógico que fomos para o particular, mas o médico, bastante atencioso, nem cobrou a consulta mas recomendou que o Dé fosse observado pela dra que o segue nas consultas no hospital... aguardamos confirmação da consulta para breve! Ou assim esperamos...
Depois disto tudo, ele foi para a escola e eu para casa... agora lembrei-me de cá passar... isto estava tão abandonado!
A gravidez está a correr bem... a correr não, a passo de caracol-bebé que assim é que é bom de apreciar tudinho! :-) Vamos fazer a ecografia morfológica no final do mês que vem, e já vou sentindo alguns movimentos interiores, mas com a mão na barriga não sinto nada... teremos de dar tempo ao tempo! 
De vez em quando é que tenho o raio de umas dores de cabeça que nem vos conto... depois passam, mas enquanto duram, doem! Penso que tenha a ver com o pouco que durmo, já que a tensão tem andado estável.
Ao que parece o/a bebé não gosta de citrinos, o cházinho de limão não me cai bem e das laranjas então... ui, nem uma dentada num gomo... LOL... ao contrário do mano! Durante a gravidez anterior adorava comer laranjas, quanto mais ácidas melhor, assim como maçãs (e bananas) verdes! É engraçado comparar as gravidezes e perceber as diferenças! Cada uma é única! ;-)

No final da semana dou-vos uma novidade... espero eu! ;-)

Estava tãão danada!!! Mas já passou... ;-)

Há umas horas escrevia para o meu blog:
"Estou mesmo irritada! O Dé vai finalmente começar as terapias esta semana, até aqui tudo bem, mas este ano retiraram-lhe uma data de apoios importantes, entre eles, o transporte… da escola para a instituição onde frequenta a sala de Snoezelen e de volta à escola após cada sessão semanal. Além disso, no horário, a sessão está localizada entre disciplinas… 
Para se perceber melhor, a escola e a dita instituição ficam a 5 minutos de distância se forem de carro, mas como não há transporte, a pé demoraríamos 15 a 20 minutos na melhor das hipóteses e em passo acelerado, isto se não estiver a chover, se a aula anterior não se prolongar… a sessão tem a duração de 45 minutos, fora o entra e sai, descalçar e calçar… seguem-se outros 20 minutos de caminhada acelerada da instituição para a escola para não chegar atrasado à disciplina seguinte… educação física, que por sua vez implica o vestir e despir em pouquíssimo tempo e etc e tal… UFA!!!!! Até eu me canso, quanto mais ele!!! Sim, porque como não há transporte NENHUM alternativo e muito menos auxiliares, lá vai a mãe, pois claro, mas não é isso que lamento! Nem é a questão de ter de pagar a um táxi 2 viagens ou o combustível a algum pai ou mãe que se disponibilizasse a levar e ir buscar o Dé com o filho e quem sabe outros colegas , ou pedir à avó ou ao tio para o fazer, eu mesma iria se já tivesse a carta de condução! O que me chateia mesmo é saber que os direitos e apoios que as crianças com NEE (Necessidades Educativas Especiais) estão a ser retirados, negados, suprimidos, chamem-lhe o que quiserem, para mim é vergonhoso!!! É um retrocesso da luta que pais, amigos, educadores e outros profissionais travam em prol da melhoria de condições de um sistema educacional liderado por gente sem educação!!! Mas isto não vai ficar assim… ai não… não vai!!!!!!"

 Mas entretanto a "coisa" resolveu-se, ainda assim resolvi publicar!!! A partir de amanhã o Dé vai para a escola, para a sala de Snoezelen e volta para casa sem mais chatices... assunto encerrado e voltei a respirar mais calmamente! LOL... e agora já voltei a sorrir!!

Eh eh eh...
.

quinta-feira

Não dá como guardar segredos...

 Simplesmente não dá... não este... a mamã a conter-se ao máximo, o papá não aguenta, e o mano... bem o Dé não se cala! E ainda bem!!! :-) Já lá está... escarrapachada no facebook, um dos prints que o Anjo Maior fez da eco... como foto do perfil dele... e eu... bem, eu preservei a intimidade da criança e coloquei só a cara, de perfil... lol... qual de nós o mais babado!?
Estamos muito felizes, a família e os amigos e amigas têm dado apoio e carinho sem fim, estamos a viver um tempo óptimo! Temos saúde e Amor... tudo o resto vem por acréscimo e queremos partilhar esta imensa felicidade que sentimos em nós!
A fase dos 3 meses... cá está! E nada de enjoos (que bom!!!), só alguma indisposição, alterações de humor q.b. (pois....), umas dorzitas nas pernas... e um estado emocional nos píncaros... vai dos 8 aos 80, com lencinho a acompanhar e lágrimas à mistura... mas são de alegria, de comoção! 
Entretanto, a vida, a par da gravidez continua... e o Dé tem o olho direito inflamado... foi lá com a mão e deve ter esfregado algum grãozito de areia ou pestana que lá estava, e como o rapaz é de porcelana deu logo naquilo! Como tinha análises ontem, aproveitei e fomos logo ao centro de saúde, para a dra. o observar... receitou uma pomada para a pálpebra inferior e outra oftálmica para o interior do olho, que já estava a ficar vermelhito também... hoje já noto melhoras! E ele já se sente mais aliviado também... entretanto continua em força na ginástica, depois disso uma caminhada, banho, jantar... tarefas, wc e cama... que o rapaz vem de rastos! Está um homem... e anda-se a portar à altura (a ver se não o gabo muito senão...), e tem sido tão mimoso comigo... aliás, como é sempre! Mas agora é especial... são carinhos diferentes, são beijinhos mais carinhosos, preocupados... está ansioso por conhecer o mano ou mana...
Prefiro que, especialmente ele, não se entusiasme demasiado com a ideia... ainda é cedo e a criança ainda nos pode "trocar as voltas"!

terça-feira

Faz amanhã 12 semanas :-)

Hoje voltamos à clínica para fazer a ecografia, o Dé vai connosco e está muito entusiasmado com a ideia!

Agora o discurso da manhã e da noite mudou ligeiramente, diz frases do tipo:
"Bebé, sou o teu irmão mais velho... Eu gosto muito de ti e estou à tua espera... Amo-te bebé, dorme bem... Bom dia bebé, tens fome?"
Sempre acompanhadas de abraços e carinhos na barriga da mãe...
Fico sem palavras e emociono-me, claro!!!

10 semanas e 6 dias :-)

:-) Fomos hoje fazer a 1ª ecografia, ou parte dela... teremos de voltar à clinica para a semana, deixar crescer o rebento mais um bocadito... Para já está tudo bem e ainda não sabemos qual o sexo. E levaremos o Dé na próxima 3ª feira! :-) Hoje não foi porque poderíamos não estar a a tempo na ginástica que ele frequenta duas vezes por semana, e por isso foi com a bisavó, que ficou toda contente de o ver a esforçar-se e a ser tão persistente, está motivado e gosta , o que é muito importante... e tendo em conta que andou quase 1 km antes e depois daquela correria... imaginem como ficou!!! Depois do banho e do jantar pouco tempo demorou a ir para a cama... e ferrou no sono, obviamente!
Nós, estamos mais serenos, andávamos algo ansiosos e expectantes, hoje é só sorrisos e esperanças! Fomos levantar as análises, repeti uma outra, a tensão está nos valores em que é suposto estar e o peso também não está mau... ;-p


Para a semana há mais...

E subiu...

Pronto, estava a correr tudo bem e agora isto...
A tensão arterial subiu no sábado, domingo passei o dia com dores no corpo de tão tensa que fiquei na véspera, ontem voltou a subir, depois de várias baixas e decidimos ir à farmácia e aviar a receita dos tais comprimidos para a hipertensão...

Hoje ainda não tomei, amanhã... e eu que não queria tomar mais nada além das vitaminas pré-natais... Opá!!!! :( Na verdade não me admiro que tenha acontecido o que me custa é controlar a ansiedade e os nervos, porque é daí que advém esse resultado... Conscientemente quero (e sei que é o ideal) concentrar-me apenas em ser feliz, apreciar os momentos todos e estar serena... mas não consigo "desligar" de tudo o resto!!! E o resto é muita coisa a moer...
Sou grata ao Destino (ou seja lá a quem for) por ter o Anjo que tenho ao meu lado, tenho a certeza que não sou eu sem ele e que é o único que me consegue acalmar quando estou no limite do descontrolo, chego a arriscar a loucura... mais do que gratidão, é Amor... o sentimento mais natural, cru e verdadeiro que alguma vez senti! A ele só equiparo o Amor do Anjo Menor e o meu por ele, e igualmente a força que gera!

Amanhã vai ser um dia muito cheio... a ver como corre... apresentação na escola e consulta de endocrinologia do Dé...

quarta-feira

Demasiada informação?!

Mais à frente já explico o porquê deste titulo... para já:

GRAVIDEZ - A consulta correu bem, já perdi 5 Kg e espero continuar a perder mais alguns agora de inicio, para posteriormente manter o peso e eventualmente aumentar alguma coisita... pouca... ;-) A tensão arterial está um bocado baixa e por isso só vou levantar o medicamento para a tensão arterial alta, se esta efectivamente subir, para já é controlar semanalmente os valores. Passei a tomar o ácido fólico com ferro (2xdia) e umas vitaminas pré-natais (1xdia). A dor do lado esquerdo é mesmo relacionada com a operação ao ovário (fez em Março já um ano), mas nada de preocupante nem interfere com a gravidez. Fui marcar a ecografia para fazer entre as 11 e as 13 semanas. Em relação às análises, já as fiz hoje e correu tudo bem, tive apenas uma baixa de tensão depois (nada de grave) e estão prontas para a semana! O Anjo Maior trata-me quase como se eu fosse porcelana, palavras dele... ;-) é um querido, pronto!
CONDUÇÃO -  Já tratei de ir pedir a marcação do exame prático, segundo consta a espera é de quase 2 meses, por isso ainda tenho a (mais de) metade das aulas que me faltam para praticar e aperfeiçoar a condução! Nota mental: não voltar a conduzir de sandálias, pelo menos do género das que usei na 2ª feira passada... não dá jeito nenhum!!!
FILHOTE - Vai começar a frequentar duas horitas de actividade física/desportiva extra-curricular através de um protocolo da Universidade de Évora e a Dra. responsável pela consultas de obesidade, nas quais o Dé é seguido há já uns anitos, a avaliação física foi hoje, e ao que parece ele portou-se muito bem, o Anjo Maior foi com ele! Ficou de rastos e já dorme há umas horas...

Agora o porquê do titulo... ao que parece há gente que acha que divulgo demasiada informação... pus-me a pensar nisto, mas tenho recebido um feedback, apoio e carinho tão grandes por parte da "minha" comunidade que até agora nunca me senti incomodada por partilhar as boas e más notícias, pelo contrário, só tenho a agradecer, por isso se alguém se sentir incomodado(a) em saber demais, tem bom remédio... não leia!!! Ora!!! 
Mas a curiosidade é mais forte... não é?!
Ah pois...

segunda-feira

É já amanhã...

Amanhã é dia de consulta médica, o Anjo Maior vai comigo... estou ansiosa!
Vamos tentar fazer tudo o que o médico indicar ainda esta semana, aproveitar que o "papá" está de férias e pode acompanhar a "mamã" às análises e exames... 
É reconfortante estar acompanhada "nestas voltas"...
Depois dou mais noticias...
 


domingo

Boa noite, bebé!!!

Ontem o Dé dormiu na casa da avó, mas como sempre damos sempre as boas noites, neste caso pelo telefone...
Depois de ter falado com o Anjo Maior e com o Avô Manel, voltou a falar com a Mãe:
Dé - Mãe, quero dar boa noite ao bebé...
Eu - Oh filho, o bebé agora ainda não te ouve...
Dé - Oh Mãe, mas ele ouve pelos teus ouvidos... 
... e continuou antes que eu pudesse responder:
Dé - Olá bebé, boa noite, dorme bem meu querido, até amanhã (e chuac, chuac, chuac... uma data de beijinhos)!!!

Fiquei sem palavras, e com um sorriso de dar volta à cara toda!!!

Estamos grávidos!!!!

Ah... Felicidade!!! Estamos grávidos SIM!!! 
E ao que parece há mais tempo do que inicialmente pensei, mas pelas contas será para Abril! Não nos conseguimos conter e já andamos a dar (lol, é mais... quase impingir!!!) a boa nova!
Quem conhece a nossa história sabe como nos conhecemos (via net) e por o que passámos para chegar a este ponto, fruto do nosso Amor é esta gravidez que sempre foi muito desejada, planeada e revista por isso estamos num êxtase de alegria, de gratidão, de esperança e de fé!
O Dé está radiante, diz que agora já somos "uma família de verdade" e já dizia que a Mãe estava grávida com tanta certeza que até nos arrepiava o modo como ele se abraçava à minha barriga, e como era assertivo nas suas afirmações, agora que confirmámos... No fundo acho que ele foi o 1º a saber... o que é justo pois foi também o 1º a desejar!
Eu e o Anjo Maior estamos a tentar manter a serenidade ao mesmo tempo que por nossa vontade até fogo de artificio lançaríamos, mas pronto! Muito Amor e Carinho! Saúde para todos!

sexta-feira

Será?!?!?!? :-)

A dúvida, a ansiedade!!!!!!!
Aiiiiiii!!!!!! 
Ok, vou dizer! 
Esta manhã, teste de gravidez...
RisquinhaS ok... POSITIVO, ok... 
OK?! OK!!!!
De qualquer forma, antes de lançar mais foguetes, amanhã faço outro, de outra marca e vamos ver no que dá... não vá ser um falso resultado...
Será que é desta?!

sábado

Aulas de condução

 É estranho... está a correr bem, melhor até do que pensava, estou segura e consciente das minhas capacidades e em caso de dúvida jogo pelo seguro, sou prudente... a parte estranha aqui é a visão da coisa! 
Isto de estar ao volante dá uma perspectiva MUITO diferente das coisas! Entendo melhor certas coisas que ouvia ou presenciava quando ía no banco do lado direito, ou andava do lado esquerdo do passeio... realmente há por aí muita gente sem noção de civismo, respeito e outras "coisinhas" tão essenciais para a convivência em espaços públicos! Hoje tive a 4ª hora de aula, e estou entusiasmada! Sinto-me orgulhosa, o que pode não parecer muito importante, mas para mim é MUITO, dada a inconstância da auto-estima!

Tenho estado aqui a pensar (sim, acontece ocasionalmente!) numa lista perfeitamente inútil das diferenças que encontrei entre o estar ao volante do carro a conduzi-lo (LADO A) e estar sentadinha no banco à direita, ir de transporte público ou a pé (LADO B)! 
Para quem não tenha ou não lhe apeteça fazer nada (que é o meu caso, neste momento) e esteja para ler:

LADO A - Os sentidos estão alerta, o corpo ligeiramente tenso e atenta a tudo e mais alguma coisa no interior e exterior do veículo! Tento controlar os pedais, as mudanças, a trajectória, a velocidade, etc... Preciso de saber, com alguma antecedência, o destino da viagem e o itinerário a seguir, para planear o percurso. Tenho que obedecer a regras de trânsito e circular de acordo com elas. Por enquanto é imprevisível saber o tempo de viagem pois não sou só eu que ocupa a via, que é pública! A paragem e estacionamento também são condicionados! Entendo que opero uma máquina que obedece a mecanismos próprios e que necessita de combustível, manutenção, e obedece a normas de circulação... envolve gastos.

LADO B - Vou calmamente a ouvir o som do rádio, a apreciar a paisagem, ver quem passa, tiro uma pastilha da mala, volto-me para trás para falar com o filhote, tudo com muito tempo... Se for no banco do lado não me preocupo com o percurso, apenas com o destino final, por vezes sugiro e mando os meus palpites... Sei o destino e o percurso de cor e salteado, são muitos anos a andar a pé e a utilizar os transportes públicos, posso fazer uma previsão do tempo que vou demorar. Posso circular e parar condicionada pelo trajecto e locais de paragem dos autocarros, mas se for a pé, geralmente ando e páro onde eu quiser. Se for de autocarro ou (melhor ainda) a pé é mais económico e menos poluente, não embaraço o transito e os outros não me atrapalham... bem à excepção da tal falta de civismo!

Para continuação de bons hábitos, arranjei uns novos que pretendo manter posteriormente: a mala com os telemóveis e as outras tralhas vai para o banco de trás, para nem haver a tentação de atender ou o que for! Óculos de sol graduados! 0% de álcool! Vidro fechado, senão desato a espirrar, o que não convém, mesmo nada! Sapatos e roupa confortáveis! SER TOLERANTE!!! ... e logo se vê, com a prática se adopto mais uns quantos!

Bem, já não me apetece escrever mais, parabéns por terem lido isto e desejar boa sorte aqui à menina, aceito conselhos para boas práticas!


sábado

Menino Homem!!!

Estávamos nós a jogar ao alfabeto, uma versão do STOP mas falado:
Dé: Letra A
Eu: Amarelo
Dé: "Assul"
Eu: "Assul", filho?! Não é AZUL?!
Dé: Não mãe! A NORTE... A SUL!!!

Tínhamos estado a ver o boletim meterológico e deu nisto... LOL... Seguindo...

Finalmente comprei um relógio para o Dé, ele ficou todo orgulhoso porque assim sabe ver a que horas é a toma dos medicamentos e não tem de estar sempre a perguntar se já são horas! Já foi tarde... mas ainda a horas! :) Também fez análises de rotina esta semana e esperamos os resultados. Daqui a 2 semanas é a ecografia à tiróide e passados quase 2 anos, em Outubro terá a consulta de ORL! Enfim...
Ontem de tarde, arrancou ontem SOZINHO o único dente de leite que lhe chegou a abanar (os outros têm sido arrancados, nem sequer abanavam e os definitivos cresciam na linha de trás!), ficámos tão contentes, como já está um Homenzinho e dada a proeza decidimos dispensar a moeda da Fada dos Dentes, aumentámos o valor e recompensámos a valentia!
Cresce e amadurece... qualquer dia já faz a barba! Mas há-se ser sempre o "filhote"... vá, não critiquem, ao menos não me babo a dizer que há~de ser sempre o "bébé", ok!?
Já pedi exame de código... ainda não tenho a data... é testar-me em casa e esperar não queimar os neurónios que ainda resistem! Sim, porque vou também acabar o curso, dê lá por onde der! Ah... e a formação, que já acaba para a semana! 
De resto cá vamos andando, como alentejana que se preze, diz...

Pronto, foi só para dizer que ainda estamos todos vivos!

segunda-feira

Dor


Doi muito... a preocupação, o amor, o (des)alento, a esperança que desvanece ou a incerteza que se abate, a dúvida, a falta de chão, o medo (?)... Mexe muito com o meu coração, com a jóia mais preciosa que tenho, que tento proteger ao máximo e parece sempre ser o primeiro a ser afectado. 
A racionalidade às vezes não importa, mesmo nada...
Apanhei um susto ontem, reordenei prioridades, ainda estou a respirar fundo e tentar assimilar tudo isto e tentar a "Paz Universal", do meu Universo, pelo menos... que não é assim tão grande mas é vital para mim!
Repeti o teste esta manhã... mais um negativo e o peso do Mundo em cima de mim... o tempo passa, e os castelos de areia mostram-se instáveis, a magia que me enchia o olhar... não sei onde está! É inevitável voltar a ter fantasmas na cabeça, é desconcertante, ponho em causa TUDO! Vai demorar a passar... sinto-me perdida...
Tenho tanta saudade, tanta ânsia de voltar no tempo, não por arrependimento ou coisa do género mas para conseguir que o meu Mundo mantenha um eixo, um ritmo constante, não dispenso as sombras nem os eclipses mas continuo a querer o nascer e por-do-sol, o arrepio na pele ao calor do sol, ou ao vento que se levanta, até as tempestades trazem coisas boas... mas ultimamente... o silêncio é o meu melhor amigo... e estou mesmo a precisar Dele...

sábado

"Coisas" que me fazem maravilhas!

Não me tirem o Sol, a areia da praia, o cheiro do mar, o som das ondas, o sal na pele, o vento na cara... é onde me sinto melhor, recarrego as energias e duram... duram... duram...
Foi um dia magnífico, perfeito, único! (Isto já foi no outro fim de semana mas relembro todos os minutinhos como se tivéssemos saído de lá agora!)
Gozámos da paz e sossego, aproveitámos a singularidade do nosso trio e ficámos apenas a apreciar a companhia uns dos outros, a calma que o ambiente proporcionou e ainda demos um passeio! :-)  Eu e os meus Anjos!!! Amo-vos!

Esta semana fui também almoçar com duas pessoas que marcaram o seu lugar no meu coração, definitivamente pela positiva! Fomos aos "Doruns" e estavam deliciosos, mas o melhor mesmo foi a companhia! Mais um trio 5 estrelas desta semana! Ora deixa cá ver umas fotos:














E convém esclarecer que, apesar das expressões faciais vos  poderem induzir em erro, desta vez não houve vinho verde, ok?!
Só cházinho gelado! ;-)
Beijos grandes a ambas!
Ah...
E ontem ainda deu para ir matar saudades de um pézinho de dança... Obrigado!!! :-)

quinta-feira

Um pedido especial

Estou lavada em lágrimas... rebentei!!!
Esta semana tenho andado a braços (mas nada de abraços) com a Segurança Social... caramba!!!
Agora por causa da "ideia" que entrou em vigor no final do ano passado, que se refere à Prova de Recursos e tudo onde a mesma vai ter impacto, o Dé passou do escalão 1 para o 3, ou seja acabaram-se as ajudas escolares!!! 
E... como a actualização foi feita agora (porque eu reparei numas discrepâncias, e tive de lá ir) acontece que os valores dos abonos (normal e complementar por deficiência) além de terem baixado o valor, vão ser alvo de débito pela diferença do valor (entre o escalão 1 e 3) todos os meses até saldar a "dívida", ou seja desde a data de entrada em vigor... bonito, não?! Estou desesperada! Danada! Furiosa! E triste... mesmo triste!!!

O que vos peço, encarecidamente e porque (não o desejando) nunca se sabe quando podem precisar e estejam em situação semelhante, é que...

Por tudo o que vos é de mais sagrado (família, religião, o que seja), ajudem este País a ter um Governo que não negligencie estas e outras situações mais graves! Neste Domingo podemos fazer a diferença, votem por favor! 
Não se abstenham e vão às mesas de voto, e que este seja válido!  O voto nulo ou a abstenção mostram o desagrado mas não ajudam a solucionar nada, na minha opinião, não é virar as costas aos problemas que eles se solucionam, não desaparecem, não se resolvem e fica tudo na mesma ou agravando, fica pior!!!!
As crianças, os idosos, os doentes... acho que a saúde e a educação não deviam ter sido, de todo, alvo que quaisquer cortes orçamentais (entre outros) e, é também um  dever cívico governar este País, não quero ser um fantoche nas mãos "Deles", sou uma cidadã que tento, ao máximo, cumprir as leis e obrigações às quais estou sujeita nessa condição, mas também conheço os meus direitos, e neste momento as leis estão a ser alteradas de uma forma em que o serviço público pode fazer o que quiser, inclusivé passar por cima dos NOSSOS direitos porque até esses estão a ser alterados e tratados com um descaso, um desprezo que me revolta! 
E sei que a muitos de vós também!!! 
Mas ficar em casa ou ir reclamar para o café, não é solução!
VOTE, faça-se ouvir por alguém que defenda os seus valores, ponha a mão na consciência e seja responsável!

sexta-feira

Um par de palmadas, um abraço e um beijo

… são mesmo o que preciso neste momento!
Desde que fiquei desempregada que tento ver a coisa pelo lado positivo, ou pela faceta menos má. Tento convencer-me que posso recuperar o tempo perdido voltando a abraçar projectos que por vários motivos ficaram inacabados ou o seu inicio adiado. E estava a ir tão bem, mas começo a desanimar… e a ver distantes os projectos com que sonho.
Apesar da roda-viva de andar para aqui e para ali, tento aplicar-me mais na casa, e mais importante no que sou para quem amo, família e amigos.
Supero-me na adversidade e orgulho-me que assim seja, mas preciso do meu oxigénio, do meu combustível, da minha vitamina, enfim… a minha energia para a vida… o AMOR! Sou uma dependente de afectos, das emoções que me fazem sentir viva, além das lágrimas ou sorrisos. Apesar do tempo disponível, não pareço ter tempo para amar nem ser amada ao vivo e a cores, o tempo com quem amo é sempre pouco, seja com meu filho, seja com os meus avós (o INEM já me deve conhecer a voz), seja com o Anjo Maior… 
Ando frustrada, muito sensível e os nervos à flor da pele, remeto-me ao silêncio, a revolta fica confinada a um coração blindado, resistente a choques e turbulência, variações de temperatura e nem sei mais o quê (continuo a surpreender-me com a resistência deste material)! E no meio disto tudo ninguém parece dar-se conta, será que não se dão conta do quanto valorizo o esforço, a dedicação, a disponibilidade, o carinho e o amor que me dão?! Se faço por mostrar, por não esquecerem, por se sentirem bem melhor que eu, poupo-os do máximo que puder absorver em mim?! Tenho segredos que não posso nem quero revelar, a ansiedade é muita e nunca mais me vejo livre do raio dos pensamentos negativos…valem-me as flores, os morangos e o cheiro da hortelã do pequeno paraíso daqui. Tenho muitos sintomas, mas só do raio da alergia porque da tão desejada gravidez, nem sinal… será que há algo errado (pergunta inevitável)?!
Não há sinais de emprego, apesar das idas a entrevistas, entregas de currículos, telefonemas e lidas de anúncios… Estou a ir-me abaixo… sinto-o… Volto a baixar os estores, fechar a porta à chave e cerrar-me no meu mundo de 4 paredes e quando estou sozinha… tenho medo… e inveja das estrelas do Céu...

Sometimes life sucks ... and not always in the nicest way !!!!!

Estou frustrada... talvez seja da ansiedade ou da expectativa (ir)real, poderia por facilmente as culpas em alguém, ou armar-me em vitima, contudo não me parece bem... 
Há coisas que me ultrapassam e outras com as quais não posso nem quero lidar sozinha! E depois... existem os meus valores e o meu feitio!!! Não sei se é o raio da anestesia a passar (fui arrancar um dente do ciso, esta tarde), ou se foi de ir "arrumar as contas" e estar oficialmente desempregada a partir de Domingo, acrescentando as facturas de uma data de €uros (o Dé foi também ao dentista), por estar a ficar sem paciência, pelo descontrole hormonal ou talvez seja por tudo isso e muito... muito mais!!! Só me apetece gritar e nem isso posso fazer! Sinto-me oprimida! Pronto já saíram uns parágrafos de desabafo, o resto fica a destilar a ver se passa...

domingo

Selinho cantinho inclusivo



A Dina, mãe do Anjo da Luz Afonso, delegou-me este selo com uma missão!

Antes de mais quero agradecer-lhe por se ter lembrado de nós, e com este facto constatar a união e partilha que há no mundo das Mãe Especiais de filhotes Extra Especiais ;-)
Este selo foi criado pelo Blog Escolas Inclusivas (br): sonho ou realidade para homenagear blogs que se dedicam a efetivação da inclusão de todos na sociedade. Como Mãe e Cidadã do Mundo tenho esse dever.

Os blogues que quero premiar são:
- http://gritodemudanca.blogspot.com/ - http://apacdpv.blogspot.com/ - e os blogs de todas as mães, pais, avós, profissionais de saúde, de educação e amigos de crianças e adultos portadores de algum tipo de deficiência, diferença étnica, religiosa (ou outra), mas que lutam por uma sociedade em que a tolerância, justiça e igualdade seja realidade!
Como Mãe, agradeço todos os gestos em prol desse objectivo!

As regras:
1. Faça um post com o selinho em seu blog;
2. Link o blog que te presenteou;
3. Escolha entre cinco a dez blogs para homenagear;
4. Avise aos seus indicados.

quinta-feira

Mais uma voltinha, mais uma viagem...

... menina bonita não paga mas também não anda... assim se apregoam as voltas no carrossel, e é assim que me sinto... mas deixei a montanha russa... ao menos isso! E devo ser mesmo gira porque o carrossel não tem parado! LOL... (olha a humildade da pessoa...)
O meu contrato não foi renovado, alegadamente devido às dificuldades da instituição em assegurar o vencimento... como fui a última a ser contratada, sou a também a primeira a ser dispensada! É que nem sequer termino o tempo... mandam-me de férias e não se fala mais nisso... que remédio tive eu se não acatar...
Enfim...
Mas quem me conhece sabe que não sou de estar sossegada e muito menos de ver os barcos a passar! E os nossos planos continuam de pedra e cal... venha o casório, venha criançada, e a realização de todos os outros projectos...
Felizmente tenho saúde, família e amizades verdadeiras! Mais importante ainda tenho 2 Anjos do Céu na minha vida que me dão todas as forças que precisar, apoiam-me e motivam-me a ser melhor!
O meu part-time vai passar a full... e mais (por agora) não digo!


sexta-feira

O Dé na RTP

Quero partilhar convosco um excerto do programa "Portugal Direto" que passou ontem na RTP1 
(o vídeo foi pertence à página oficial). 
A peça situa-se entre os minutos 10:39 e 13:40.

Vejam e oiçam o Dé, que foi mini-entrevistado aquando umas das demonstrações científicas. 
(a partir dos 11:24)



A publicação do evento :)

Lembram-se do post sobre o Dia Internacional da Trissomia-21 que escrevi aqui no blog, no mês passado?
Pois bem, a publicação já saiu da revista da escola, aqui fica (clicar para aumentar), e as fotos (Eu, André e o Prof. Júlio Coincas):

quinta-feira

Akira ... 29/03/2011 ... :'(

Esta semana perdemos a nossa querida Akira... no fim de semana começou a ficar "calada" (o que é completamente adverso à personalidade dela), apática e sem apetite (já no Domingo), tinha o nariz seco e estava quente decidimos ir com ela ao hospital veterinário... mas foi tarde demais... durante a madrugada faleceu... o meu Anjo é que tratou dela e numa caixa de cartão levou-a até mim para me despedir (eu estava a trabalhar, eram 3,30h), senti-me completamente impotente... ver o amor da minha vida completamente de rastos... como nunca o tinha visto, e deparei-me com a perda de... uma amiga... E estamos completamente destroçados... nem imaginam... ainda nem contámos ao Dé, mas o Pantera e a Mishi andam completamente perdidos, parte-nos o coração...


Sempre estive rodeada de animais, sempre (!) e pensei que com o tempo (não digo que fosse mais fácil, mas) não fosse tão difícil, tão doloroso lidar com a perda... não podia estar mais enganada!
Felizmente, os animais, o ar do campo, a liberdade que só a Natureza me faz sentir está presente na minha vida, eu era daquelas crianças que levavam animas para casa a toda a hora, fosse cão, gato, cheguei a levar um morcego porque caiu da árvore e eu não o consegui lá recolocar, desde bichos da seda a piriquitos, caturras, tartarugas e peixes, porquinhos da índia e hamsters, pombos e coelhos... e ainda tenho os meus bisavós que têm um terreno e por isso muito espaço para albergar as minhas "crias" quando deixavam de o ser, serviam de guarda, de companhia, de conforto, de brincadeira, e todos foram bem tratados, cuidados até ao fim dos seus dias. Até me apegava aos porcos, dava o leite aos cordeiros e montava os borregos e ovelhas, tirava leite das cabras e das vacas, ía buscar os ovos das galinhas... soube sempre diferenciar o tratamento de cada animal e aprendi a lidar com a dor dos que se sacrificavam para consumo alimentar, participava porque era a última homenagem aquele ser que me proporcionou horas de alegria, de distanciamento dos problemas que vivia, dos segredos que me guardou...
Mas custa... ainda custa...

segunda-feira

Dia Internacional da Trissomia 21 / Síndrome de Down 2011

Para quem desconhece, hoje assinala-se o dia Internacional da Síndrome de Down, consultem aqui a página oficial e saibam mais sobre este dia!


Hoje estive na escola com o Dé, os colegas e a Directora de turma para uma sessão de esclarecimento no âmbito do projecto "Em torno de nós", e tenho que dizer que adorei esta experiência!
Os alunos/colegas fizeram questões que julgo terem sido muito importantes para ajudar a desmistificar o convívio/relacionamento a Trissomia, fiquei agradavelmente surpreendida com as boas maneiras e perspicácia de todos, participaram activamente e mostraram-se verdadeiramente interessados na vida do Dé, com isto refiro-me às conquistas dele a nível do desenvolvimento físico e cognitivo. 
Quiseram saber desde reacções passadas com outros alunos, outros pais, família... notei algum receio e fizeram questão de dizer que não queriam entrar na nossa privacidade mas sim satisfazer curiosidade, salientei o facto de ser algo de muito bom, pois vai permitir que tirem dúvidas e talvez até elucidem outros que, por desconhecimento, possam não ter noção de erros ou de formas menos boas de agir perante um individuo com T21. Perguntaram a razão do currículo adaptado do Dé, porque é que ele tinha um professor de ensino especial e o porquê das terapias, interessaram-se bastante por genética, relataram-se outros amigos com T21, outros que nunca tinham tido contacto com ninguém "assim", perguntaram-se sobre a medicação dele, sobre a tiróide, sobre a visão, etc...
Foi uma sessão muito produtiva a todos os níveis, pois fiquei a conhecer melhor a turma na qual o meu filho está inserido e tenho a certeza que eles também gostaram, a julgar pela quantidade e qualidade das perguntas até ao último minuto havia sempre dedos no ar... agradeceram a minha presença e senti uma alegria tão grande... acho que podem imaginar!
A professora tirou fotos, posteriormente serão publicadas, entretanto estou ansiosa por conhecer os trabalhos que fizeram.


Negativo outra vez...


Andávamos com tanta esperança até que decidimos fazer o teste ontem, mas deu negativo e ficámos desolados... vale-nos o apoio incondicional e força que encontramos em ambos e na nossa Pequena Família que afasta as más energias e pensamentos menos bons, além disso temos que ter em conta a realidade que estamos a viver... 
Durante anos o meu corpo esteve sujeito a implicações medicamentosas que causaram alterações no ritmo natural das coisas, além disso houve também o teratoma e a posterior cirurgia (faz 1 ano para o mês que vem) por isso há que manter a cabeça fria e o coração em sossego! 
Continuam os treinos...

Beijinhos

Parabéns Mãe!!!!!!!

Apresento-vos a minha Mãe... que é uma grande Mulher (mas mais baixa que eu...lol...), se gostam de mim, adoram-na! Uma Mulher que gera uma "coisa" assim como eu, só pode ser genial, não acham?! Enfim... hoje é o dia do seu aniversário e não podia deixar de a homenagear!
Desejo-te mais um ano (de cada vez) de felicidade, sobretudo de saúde, de companhia e cumplicidade connosco e das pessoas que te fazem sentir bem (as outras são insignificantes), que continues a ter trabalho e mais horas para descansar que bem precisas. 
Mentaliza-te que a idade é uma coisa boa, traz oportunidades, experiências, tempo e sabedoria (na maior parte dos casos) para partilhar valores e senso de responsabilidade aos mais novos.

O Dé também aqui está, a desejar os parabéns à avó Dides ;)

Obrigado Mãe...

Amo-te!!!

quinta-feira

Dézinho doente... (parte 2 - Sequela)

O Dézinho teve uma recaída... ligaram-me da escola, a febre repentina subiu até aos 38,5ºC e fomos buscá-lo!
Ontem foi o aniversário do Anjo Maior e o mais pequeno também se deitou tarde, depois de manhã não tinha muita vontade de se levantar, mas lá foi para a escola com um fraco pequeno-almoço (estava sem apetite), ainda da parte da manhã, uma auxiliar nossa amiga ligou, notou o Dé meio em baixo, mas como estava sem febre ainda ficou até ao almoço, depois pronto!!! 
Já está medicado e fica "debaixo da asa" por uns dias, até ver se a coisa se recompõe. Entretanto está todo contente com a estadia do avô cá em casa! 
Juntamos mais um turno de trabalho até às tantas... e com isto tudo daqui a pouco é uma e meia e eu tenho de ir ver se durmo alguma coisa.
Não prometo, a vigília continua... 

segunda-feira

BENVINDOS À HOLANDA

Hoje quero partilhar convosco, um texto que já conheço há mais 10 anos e que de vez em quando surge na minha caixa de correio... o que é muito bom! Já o tenho enviado também... desta vez partilho aqui no blog com as devidas referências (autoria e tradução)!

Esta foto é de 2001, mas o Dé ainda não tinha 1 aninho... e eu... ainda não tinha feito os 20...



c1987 por Emily Perl Kingsley. Todos os direitos reservados.

Pedem-me muitas vezes para descrever a experiência de educar uma criança com deficiência – para tentar ajudar as pessoas que nunca tiveram esta experiência única a perceber, a imaginar como é que nos sentimos. É assim…

Quando vamos ter um bebé, é como planear uma fantástica viagem de férias – a Itália. Compramos uma data de guias turísticos e fazemos os nossos planos maravilhosos. O Coliseu. O David de Miguel Ângelo. As gôndolas de Veneza. Até aprendemos algumas frases em italiano. É tudo muito excitante.
Depois de meses de ansiosa antecipação, chega finalmente o dia. Fazemos as malas e partimos. Várias horas depois, o avião aterra. A hospedeira aparece e diz: "Benvindos à Holanda".
"Holanda!?" dizemos nós. "O que é que quer dizer com Holanda?? Eu comprei uma viagem para Itália! É suposto eu estar em Itália. Toda a minha vida sonhei ir a Itália".
Mas houve uma mudança no plano de voo. Aterraram na Holanda e é aí que temos de ficar.
O mais importante, é que não nos levaram para um lugar horrível, nojento, imundo, cheio de pestilência, fome e doenças. É apenas um lugar diferente.
Por isso, é preciso comprar guias novos. E aprender uma língua completamente nova. E conhecemos um grupo de pessoas completamente novas, que nunca teríamos conhecido.
É apenas um lugar diferente. É mais calmo do que a Itália, menos deslumbrante do que a Itália. Mas depois de estarmos lá há algum tempo, sustemos a respiração, olhamos em volta…e começamos a reparar que a Holanda tem moinhos de vento…e que a Holanda tem tulipas. A Holanda até tem Rembrandts.
Mas todas as pessoas que conhecemos estão entretidas a ir e a vir de Itália…e todas proclamam o maravilhoso tempo que lá passaram. E, pelo resto da nossa vida, vamos dizer "Sim, era onde eu devia ter ido. Era o que eu tinha planeado".
E a dor disso nunca, nunca, nunca, nunca se irá embora…porque a perda de um sonho é uma perda muito, muito significativa.
Mas…se passarmos a vida a lamentarmos-nos pelo facto de não termos ido a Itália, é possível que nunca sejamos livres para apreciar as coisas muito especiais, muito queridas…da Holanda.
Tradução Maná Ramos Ascenção

domingo

A minha casa é o teu coração

O meu Anjo ofereceu-me o livro "A minha casa é o teu coração" de Margarida Rebelo Pinto, começo a ler amanhã! Já leram?!
 .

Obrigado meu Amor!


segunda-feira

Uma prenda e as melhoras!

Quando era pequena (long, long time ago...) ganhava sempre um presente quando estava doente, como meio de motivação para recuperar mais depressa, também funcionava como chantagem emocional, mas pronto... era coisa que já não acontecia... Até que o meu Anjo Maior comprou um destes (para ele) e que eu gostei muito... tanto que me comprou um também... eh eh eh, obrigado amor! Sou uma chata, eu sei...E tu és um querido!
Em relação ao aparelho (LG POP GD510 Eco Edition) apesar de não ser uma entendida, gostei imenso das características (uma delas é a possibilidade de carregar a bateria através do pc ou do painel de energia solar que vem incluído na compra), do preço (através da troca de pontos via mytmn), do design e preço do dito cujo, além disso é bastante simples de usar... para complicações já tenho que cheguem...
Voltei hoje à Unidade de Saúde, apesar de me sentir um bocadinho melhor e sem febre há 2 dias, continuo "à briga" com a parte respiratória, o nariz e garganta andam a dificultar a coisa... já não sangro ao tossir, mas dói "pra caraças", uma mézinha caseira que tem ajudado a aliviar a tosse é um xarope de cebola, cenoura, açúcar mascavado e limão, sabe mal mas faz bem! 
Ontem foi dia de ir às mesas, fui votar, como aliás devia ter ido TODA a gente, mas enfim... esta história da abstenção dá-me cá umas ânsias... o povo passa o tempo a reclamar, mas quando pode decidir... decide ficar em casa e "dançar" conforme a música que lhes é apresentada, depois reclamam... 
Oh mentalidade!!!

quarta-feira

Nem sei o que para aqui escreva... a sério!

Estou doente, uma valente gripada... e odeio estar doente, é algo que me tira a paciência, irrita-me profundamente!!! AAAAAhhhhhhhhhhh!
Depois de 6 anos e 2 meses o "gajo" lá apareceu, parece que desta vez é que é a valer... estou a referir-me ao "gajo" que visita as senhoras todos os meses, a não ser que estejam grávidas ou na menopausa... Tem-me custado para caraças e coincidiu logo com esta gripada descomunal... Tive uma hemorragias que "me fizeram estar alerta" e umas dores que parecia que o meu corpo se dividia em dois... A febre é que tem sido uma coisa por demais e a dificuldade em respirar é uma coisa parva!!! Estou a recorrer a mezinhas caseiras e a medicamentos prescritos, a ver se dou cabo do raio do vírus!
Pelo menos tenho tido tempo para ver uns filmes, mas quando começa a doer a cabeça... é para esquecer!
Um abraço...

Ah... e o Dé está melhor, já voltou à escola mas ainda não recuperou o apetite (o que também não é preocupante dado o excesso de peso), já não tosse mas ainda tem que dar uma assoadela de vez em quando, está a correr bem...

sexta-feira

E para levantar a moral...

Nada como ir para a cozinha e fazer um bolo!!! 
O Dé é que escolheu e fez a maior parte (eu só mexi nas máquinas). 

BOLO DE LARANJA (à moda do André)

 

Ingredientes e modo de preparação:
 Batem-se 100gr de Vaqueiro, 2 gemas e 220gr de açúcar até obter um creme. Juntam-se o sumo e a raspa de 1 laranja bem grande e incorpora-se pouco a pouco 200gr de farinha peneirada e 1c. de chá de fermento em pó Royal. Batem-se as claras em castelo e adiciona-se uma pitada de sal. Junta-se tudo e deita-se a massa numa forma untada e enfarinhada.Vai a cozer em lume médio (180ºC) durante cerca de 40 a 45 minutos.
Bom apetite!
O menino tem estado melhor, não teve mais febre e a tosse já aliviou... 
O bolo vamos provar depois do jantar.
(a receita do bolo foi inspirada numa do "Livro de bolos e bolinhos" do Instituto Culinário da Margarina Vaqueiro; 1987)

quinta-feira

De volta à reavaliação médica

Hoje voltámos lá, depois de uma série de lenços de papel, dores de cabeça, secreções, tonturas, "não tenho fome's", gotas no nariz, bombas respiratórias, termómetros... agora junta-se-lhe xaropes e (mais vigilância).
Conforme passe a tarde de hoje e até à noite de amanhã logo se vê se terá que ir de novo às urgências (recomendação da pediatra) para rx's e análises, por causa da dor no peito e a tosse forte, além das rápidas subidas de temperatura.
Vamos aguardar a evolução, aqui esta mãe, com horas de sono a menos tem que voltar ao trabalho daqui a pouco, até à minha volta!
Beijos e melhoras para os(as) doentitos(as) da família blogosférica e afins!

terça-feira

E a temperatura subiu...

Após 16 horas de temperatura abaixo dos 38º, esta subiu para 38,9º e chegou aos 39,6º mesmo medicado!
Agora está a fazer a digestão, consegui que ele comesse um prato de sopa razoável depois de um pequeno almoço de meia torrada e meia chávena de leite! Os vómitos pararam, e as dores de cabeça são menores, no entanto ao fim de 3 ou 4 palavras desata a tossir, felizmente a expectoração solta-se mas nem sempre a consegue expelir.
Daqui a pouco... BANHO!

segunda-feira

Dézinho doente...

 
Ontem fomos para as urgências com o Dé... o nosso anjinho não comia, vomitava, queixava-se de dores de cabeça muito fortes e algumas tonturas, não queria tv, comer ou sequer estar levantado.
Habitualmente levanta-se por voltas das 7,30m (mesmo aos fins de semana) e adora ver tv na casa da avó, comer então... ui, está sempre pronto (inclusive toma medicação devido ao excesso de peso - hipotiroidismo).
A temperatura dele rondou sempre os 38ºC e os 39ºC, e os brufen não lhe faziam efeito. 
Mesmo com as medidas habituais para baixar a febre, a coisa não cedia...
Foi examinado - relembro que ainda aguardamos a consulta do otorrino (abrev.) - e voltámos para casa, medicado e com recomendação para ir hoje, ter com a pediatra ao respectivo piso do hospital... lá referi o vómito da noite, o pouco que comeu, a sonolência após uma noite mal dormida e as continuas queixas de dor de cabeça e tonturas, antes de cumprir o tempo de intervalo da medicação a febre dele disparou e custou a baixar, o menino esteve prostrado toda a manhã e de tarde em casa, pouco melhor! Fez nebulizações com bomba e vai manter o mesmo em casa, não vai à escola e continua a beber muita água, sumo das laranjas do quintal e a ver fotos (coisa que o anima sempre), ainda viu um clássico da Disney (em troca de uma refeição/almoço)... sim, foi chantagem, mas por uma boa causa, e resultou! Não comeu muito, mas pelo menos alguma coisa se manteve no estômago... ele queixava-se da barriga, mas era fraqueza...
Hoje teve-nos com ele o dia todinho e o mimo...
Sei que "andam por aí" constipações, gripadas e "viroses" com fartura, a quem padece, as melhoras!
Um abraço...